domingo, julho 17, 2011

Volta ao antigo blog...

Tempo. 

Dos dias longos em que espero-te 
um ar de eternidade com gosto de possibilidades 
veste-me nova razão nos olhos, 
jardim de sussurros e vontades tantas.


...Continua aqui:




http://www.eliane_alcantara.blogger.com.br/index.html

Um comentário:

Adriano César Curado disse...

Você em poucas palavras me diz que o tempo, eu eterno carrasco, pode também me salvar, levando-me ao altar do amor eterno?! Lindo poema. Gosto de todos os seus escritos, mas este estilo é melhor ainda!!!!